Como lidar com o AVC: conheça os sintomas e saiba como preveni-lo.

Tempo de leitura: 3 minutos

Você sabe como lidar com o AVC e conhece os seus sintomas para se prevenir contra essa doença?

O AVC (Acidente Vascular Cerebral) é uma doença conhecida por causar danos ao cérebro devido à interrupção do fornecimento de sangue, podendo causar dificuldade para andar, falar e compreender, como também paralisia da face, do braço ou da perna. Ele é causado por inúmeros fatores, sendo uma doença extremamente perigosa que pode levar a óbito se não for tratada imediatamente.

Existem dois tipos de AVC que ocorrem por motivos diferentes. O mais comum é o AVC isquêmico, que ocorre por diminuição do fluxo sanguíneo em determinadas áreas do cérebro. Mas também existe o AVC Hemorrágico, onde ocorre um rompimento do vaso, provocando sangramento no cérebro.

Como lidar com o AVC

Como prevenir o AVC?

Há muitos fatores de risco que contribuem para o aparecimento de um AVC, e alguns deles não podem ser modificados (como a idade e a constituição genética).

Entretanto, outros fatores dependem apenas da pessoa e são os principais para prevenir essa doença. E aproximadamente 80% dos casos poderiam ser evitados através das mudanças nos hábitos de vida, como por exemplo:

  • Prática regular de exercícios físicos;
  • Não fumar;
  • Manter uma alimentação saudável;
  • Controle de Hipertensão Arterial;
  • Redução nos níveis de colesterol;
  • Controle do peso;
  • Manter a pressão e a glicose sob controle;
  • Beber bastante água;
  • Uso de vitaminas que auxiliam na circulação sanguínea.

Como lidar com alguém que pode estar com sintomas de AVC?

Fique atento aos sintomas, pois essa doença não tem idade e nem hora para aparecer.

E se você conhece alguém que esteja se queixando de fraqueza ou formigamento no corpo constantemente, alteração de equilíbrio, tontura ou dores de cabeças súbitas e sem causa aparente, auxilie-a a procurar um profissional de saúde imediatamente.

Em casos já presentes dentro da família, é indicado que busque acompanhamento médico desde cedo para evitar problemas futuros.

Caso alguém esteja com algum dos sintomas citados anteriormente, é importante manter a calma e deitar a pessoa de lado, com a cabeça elevada e apoiada, pois isso evitará que a língua obstrua a garganta. E enquanto realiza esse processo, chame ajuda médica imediatamente.

Como é a recuperação?

Para reduzir as limitações que o AVC provoca e recuperar alguns danos causados pela doença, é fundamental fazer o tratamento com uma equipe multidisciplinar mesmo depois da alta hospitalar.

Algumas terapias que podem ser usadas são:

1) Sessões de fisioterapia: por conta da perda de movimentação do corpo, um fisioterapeuta especializado poderá ajudar a recuperar o equilíbrio, a forma e o tônus muscular, podendo voltar a andar, sentar e deitar sozinho.

2) Estimulação cognitiva: pela perda de memória e confusão mental que pode ser causada, é indicado realizar um tratamento com terapeutas e enfermeiros que realizam jogos e atividades para diminuir a confusão e os comportamentos irregulares.

3)Terapia da fala: com terapeutas da fala para que, aos poucos, o paciente possa recuperar a capacidade de se expressar.

Existem produtos para o coração?

Na nossa Loja temos alguns Produtos para Saúde Cardiovascular (mas lembre-se de consultar também um profissional da saúde para aconselhar você se pode ou não tomar esses produtos):

🛒 Produtos para Saúde Cardiovascular


Agora que você sabe como lidar com o AVC, escreva nos comentários abaixo se esse Artigo ajudou você a combater esse grande mal ou ajudou você a salvar uma vida.

Leia também mais 2 Artigos e 2 Receitas para fortalecer o seu coração:

Como prevenir AVC: suplementos alimentares podem ajudar a combatê-lo?

Vitaminas e Sais Minerais: 10 suplementos essenciais (e poucos conhecidos) que poderão melhorar a sua saúde.

1ª Receita: Panqueca Fit com Banana e Whey Protein: ajuda a emagrecer, mantém o seu bom humor e protege o coração.

2ª Receita: Shake Energético Pré-Treino com Whey e Café: ajuda a emagrecer, faz bem para o coração e retarda o envelhecimento da pele.

Deixe um comentário